GONORREIA - SINTOMAS

Na maioria dos casos, a gonorreia passa despercebida. Quando há sintomas, podem ser confundidos com outras infecções.

Sintomas no homem

Consiste em um dos tipos mais frequentes de uretrite masculina do qual o sintoma mais precoce é uma sensação de coceira na fossa navicular que vai se estendendo para toda a uretra. Após 1 a 3 dias, o doente já se queixa de ardência miccional (disúria), seguida por corrimento, inicialmente mucoide que, com o tempo, vai se tornando, mais abundante e purulento. Em alguns pacientes, pode haver febre e outras manifestações de infecção aguda sistêmica. Se não houver tratamento, ou se esse for tardio ou inadequado, o processo se propaga ao restante da uretra, com o aparecimento de sensação de peso no períneo; raramente observa-se hematúria no final da micção.

No pênis, os sinais mais comuns da gonorreia são:

  • Dor e ardência ao urinar

  • Secreção abundante de pus pela uretra

  • Dor ou inchaço em um dos testículos.

Sintomas na mulher

Embora a infecção seja assintomática na maioria dos casos, quando a infecção é aparente, manifesta-se sob a forma de cervicite que, se não for tratada corretamente, resulta em sérias complicações. Uma cervicite gonocócica prolongada, sem tratamento adequado, pode se estender ao endométrio e às trompas, causando doença inflamatória pélvica (DIP). Esterilidade, gravidez ectópica e dor pélvica crônica são as principais sequelas dessas infecções. Em razão disso é importante, como rotina, avaliação criteriosa de riscos mediante realização de anamnese e sinais clínicos observáveis ao exame ginecológico. Alguns sintomas genitais leves, como corrimento vaginal, dispareunia ou disúria, são frequentes na presença de cervicite mucopurulenta. O colo uterino pode ficar edemaciado, sangrando facilmente ao toque da espátula. Verifica-se presença de muco/pus no orifício externo do colo. Os recém-nascidos de mães doentes ou portadoras de infecção desta etiologia no cérvice uterino podem apresentar conjuntivite gonocócica devido à contaminação no canal do parto.

Na vagina, os sintomas são:

  • Aumento no corrimento vaginal, que passa a ter cor amarelada e odor desagradável

  • Dor e ardência ao urinar

  • Sangramento fora do período menstrual

  • Dores abdominais

  • Dor pélvica.

Sintomas gerais

 

A gonorreia pode surgir em diversas partes do corpo:

  • Reto: os sintomas comuns da gonorreia na região anal são coceira, secreção de pus e sangramentos

  • Olhos: dor, sensibilidade à luz e secreção de pus em um ou nos dois olhos

  • Garganta: dor e dificuldade em engolir, presença de placas amareladas na garganta

  • Articulações: se a bactéria afetar alguma articulação do corpo, esta poderá ficar quente, vermelha, inchada e muito dolorida.

Sintomas em recém-nascidos

Normalmente os recém-nascidos contaminados com gonorreia no momento do parto podem apresentar sintomas semelhantes a conjuntivite, como:

  • Olhos vermelhos

  • Inchaço das pálpebras.

 

Em casos mais graves, eles podem apresentar infecções na corrente sanguínea e meningite.

Redes sociais e contato

  • YouTube
  • Fanpage
  • Instagram
  • Twitter
  • WhatsApp

©2012 por Rede Mundial de Pessoas que Vivem e Convivem com HIV