Autoteste anti-HIV comprado na farmácia



O autoteste anti-HIV já é uma realidade no nosso país (ainda bem)! Porém, muitas coisas sobre esse tipo de exame ainda é um mistério e é para isso que estamos aqui! Conseguimos autotestes que usam a gotinha de sangue e o que usa fluido oral. Testamos os dois e vamos deixar nossa impressão. Grande parte da polêmica sobre o teste vem do fato de que algumas pessoas alegam que se o resultado for reagente/positivo, muita gente pode se matar... Porém, temos que respeitar a autonomia dos cidadãos que não desejam fazer teste em unidades de saúde ou na presença de outras pessoas, não é mesmo? E quem desejar ter a presença de alguém, basta ir a uma unidade de saúde ou encontrar alguma ONG que tenha a testagem. Do mais, estudos científicos afirmam que as crises geradas pelos resultados reagentes dos autotestes são muito menores que se pensa e os benefícios do diagnóstico precoce já faz valer a pena. Compartilhe boas informações, pois essa é a maior arma contra o preconceito!


REFERÊNCIAS 1. Maior estudo mundial sobre autoteste anti-HIV sai do chão. Disponível em https://goo.gl/SN9jBf 2. Organização Mundial de Saúde (OMS) pede expansão do autoteste anti-HIV. Disponível em https://goo.gl/FUVhjC 3. Barreiras, facilidades, preferências e impactos do autoteste entre homens que fazem sexo com homens (HSH) no Reino Unido. Disponível em https://goo.gl/jtQuXe

FALE COM A GENTE

Estamos nas redes sociais

Outras formas de contato