João e André vão se casar!

Por Alê D'Antonio para HAPPY TOGETHER em 15 de janeiro de 2014


Em setembro de 2012, João Geraldo Netto, publicou no youtube o vídeo no qual aparece pedindo o seu namorado, André Moreira, em casamento. O pedido foi feito no aniversário de um ano de namoro em um cenário paradisíaco: Ilha Grande, Rio de Janeiro. João fez uma brincadeira criativa com o André, o “Show do Mozão”, com perguntas no qual o namorado tinha que responder. O vídeo é incrível e fez o maior sucesso na internet, hoje possui mais de 200 mil visualizações e 1700 comentários.


Para quem ainda não viu o vídeo emocionante do pedido de casamento:



O André aceitou o pedido e eles vão se casar em abril, no Castelo Country Club em Petrópolis! Os preparativos estão a todo vapor e os noivos ansiosos! Conversamos um pouco com eles sobre como está sendo organizar tudo e como será o grande dia! Vejam:


Foto: Bruno Tavares

Happy Together: João, depois de quanto tempo você decidiu fazer o pedido de casamento? Como foi preparar essa mega surpresa?

João: Já namorávamos a quase um ano e eu tinha certeza de que o André era “o cara”. Então, dois meses antes de tirarmos férias (que coincidiriam com nosso aniversário de um ano de namoro), decidi fazer uma surpresa, que incluía um vídeo, mas eu não sabia direito como fazê-lo. Busquei na internet uma porção de dicas, mas não encontrei nenhuma que fosse a nossa cara. Foi então que comecei a conversar com um primo meu, que é editor de vídeos, e fomos pensando juntos. Decidimos por fazer tipo um programa de perguntas e respostas e que teria na última pergunta, o famoso “Quer casar comigo”. Acabei escolhendo a Ilha Grande, no Rio de Janeiro, como o local onde eu iria apresentar. Só não imaginava que iríamos para a praia de Dois Rios, que é maravilhosa e quase deserta. Entre gravação e edição do primeiro vídeo, passaram-se cerca de duas semanas, mas ficou um resultado muito legal. Até então, só havia o vídeo do Show do Mozão. O vídeo final, com a reação dele, ficou pronto cerca de uma semana após voltarmos de férias com o material que coletei e foi um baita susto ver a repercussão que teve na internet, pois não imaginávamos que um momento tão íntimo iria tocar tantas pessoas.


Happy Together: E você André? Nem desconfiava? Como foi a surpresa?

André: Não, não desconfiei em nenhum momento. Achei apenas estranho o fato do João ter levado o tablet para a praia e colocar a câmera para filmar no sol, mas não imaginei qual seria a real intensão dele. Ele havia me dito que tinha feito um vídeo e que eu iria gostar e o resultado foi toda aquela emoção que se pode verificar na gravação que o João fez da minha reação ao ver o vídeo. Foi total surpresa!


Happy Together: Após o pedido, vocês já começaram os preparativos do casamento? Vocês fizeram a união estável.

João: Então, logo após o pedido de casamento, decidimos fazer nossa união estável para agilizar o casamento, pois não era permitido partir direto para o casamento, ainda. Cerca de dois meses depois, em novembro, concretizamos nossa união estável em um cartório de Petrópolis. Pouco antes de entrar, sentamos em um banco da rua e eu perguntei ao André: Você realmente quer se casar comigo? Ele respondeu que tinha certeza que sim. Me emocionei mais uma vez e entramos no cartório. Resolvemos realizar uma cerimônia de casamento em janeiro, pouco antes de eu me mudar para Brasília.


Happy Together: Como esta sendo organizar tudo? Ambos estão envolvidos na organização ou um de vocês que está no comando? Rs

João: Preparar um evento como um casamento é para os fortes! Rs. Uma das coisas mais difíceis que já fiz na vida! São muitos detalhes para escolher. Acreditamos que uma cerimônia de casamento é algo único na vida e queremos tudo absolutamente como sempre sonhamos. Fizemos planos para gastar bem menos, mas as vontades vêm e não queremos deixar nada de lado. Outra coisa dificílima é fechar a lista de convidados. Queríamos muito que mais pessoas estivessem conosco, mas o orçamento é apertado e vai ter que ser algo bem mais íntimo mesmo. Eu, João, acabei tomando as rédeas dos contatos com fornecedores, mas tudo é escolhido e selecionado em conjunto.


Happy Together: Vocês mesmos que estão tratando com os fornecedores ou estão com uma assessoria de casamento?

João: Contratamos alguns profissionais como decorador, cerimonial, assessor, mas estamos tomando conta da maior parte. Na verdade, eles estão só encaixando o que pedimos e o que sonhamos.


Foto: Bruno Tavares

Happy Together: Durante a organização, o que vocês mais tiveram de dificuldade? O que foi mais gostoso e divertido? Por acaso, sofreram algum tipo de preconceito em algum momento?

João: O mais difícil foi, de longe, fechar a lista de convidados. Uma cerimônia para apenas 100 pessoas é extremamente íntima. Só de tios e primos eu já tenho mais que isso, mas tivemos que selecionar bem. Outra coisa difícil está sendo escolher a roupa. Não queríamos usar terno, mas também não queremos nada excepcional. O impasse está acontecendo entre dois modelos de roupas, pois queremos usar igual, mas ainda não houve consenso. O melhor de tudo foi escolher o local do casamento. Esse foi fácil! Quando vimos, nos apaixonamos e tínhamos certeza que seria lá. Sobre problemas, em nenhum momento sofremos preconceito. Acredito que a maneira como se apresenta as situações, acaba tornando-as mais leves. Sempre tratamos nosso relacionamento de maneira muito natural. Só tivemos alguns problemas com a troca do nome do André. Geralmente, trocavam o nome dele para Andréa, pois não imaginavam que era João e André. Eu os corrigia com bastante naturalidade e eles mudaram sem problema, questionamento ou qualquer tipo de preconceito.


Happy Together: Você possuem um brasão, é para utilizá-lo nos itens e detalhes da festa?

João: É sim! Estudei heráldica por quase três meses para que fizesse o brasão da melhor maneira possível. Não queria, simplesmente, jogar nas mãos de um profissional. Fiz várias provas e aprendi, inclusive, a dominar alguns programas de computadores para trabalhar com ele. No final, ficou algo muito legal e bem a nossa cara. Ele será usado em cada detalhe da festa que acontecerá num castelo em Petrópolis. Eu sempre brinco que um príncipe (é assim que chamo o André) só poderia se casar em um castelo. Rs.



Happy Together: Vocês gostariam de contar um pouco de como vai ser esse dia especial? Local, cerimônia (quem irá comandar a cerimônia) etc?

João: Vai acontecer no Castelo Country Club, em Petrópolis, e vai ser uma cerimônia com traços medievais na decoração e outros detalhes. Um juiz vai celebrar o casamento e será no final da tarde, pois Petrópolis tem o fim de tarde mais bonito que já vi e gostaríamos muito de aproveitar bem esse momento. Além do mais, será em abril, época que já está começando a esfriar e vai dar um ar ainda mais gostoso para a cerimônia. Se vai acontecer do jeito que queremos, só na hora saberemos, mas estamos preparando tudo com muito amor para os convidados.



Happy Together: Vocês vão passar a Lua de Mel onde? O presente dos convidados será as cotas de Lua de Mel?

João: A ideia das cotas para a lua de mel veio do casamento de uma amiga. Ela acabou ganhando o dinheiro da viagem do casal e ficamos empolgados. Não precisamos de nada para casa, pois já temos quase duas casas pequenas montadas (André e João ainda moram em cidades separadas). Eu amo viajar e não vamos abrir mão dessa experiência, mesmo não ganhando o dinheiro. Decidimos ir para a Califórnia. Vamos conhecer San Francisco, Los Angeles, Disneylandia e outros parques. Enquanto André está empolgado com a cerimônia, eu estou mais empolgado com a viagem. Rs.



Desejamos toda a felicidade aos noivos! Que o dia do casamento seja perfeito e inesquecível!


Happy Together

10 visualizações

Redes sociais e contato

  • YouTube
  • Fanpage
  • Instagram
  • Twitter
  • WhatsApp

©2012 por Rede Mundial de Pessoas que Vivem e Convivem com HIV