“PrEP é prevenção e nós temos o direito” diz João Geraldo Netto

Por Marcio Rolim para HORNET em 14 de novembro de 2017


O ativista dos Direitos Humanos e das pessoas que vivem com HIV João Geraldo Netto falou com o Hornet sobre as diferenças entre tratamento antirretroviral e uso da PrEP. Além de prestar consultorias para o Departamento de IST, AIDS e Hepatites Virais e do Ministério da Saúde ele ministra palestras em todo o Brasil com o intuito de esclarecer à população sobre a vida de um portador do vírus HIV e sobre relações sorodiferentes, segurança, prevenção e novas tecnologias de proteção.


João contou sobre suas experiências vivendo em uma relação sorodiferente e elencou que a PrEP é mais uma alternativa segura para os homens gays e homens que fazem sexo com homens na prevenção do HIV. A discussão dessa vez girou em torno da desmistificação do uso da PrEP, bem como no estabelecimento sobre quem deve e quem não deve usar a medicação para prevenção.


Entender a diferença entre tratamento antirretroviral e uso de PrEP é um dos primeiros passos para esclarecer as finalidades das drogas usadas no combate ao HIV e epidemias e principalmente fazer com que a população saiba os meios de acesso às terapias tanto de prevenção como de tratamento, porque ainda existe muito estigma e medo ao falar abertamente sobre ter ou contrair o vírus.


No vídeo abaixo você pode conferir a entrevista completa e entender melhor sobre essa nova tecnologia de prevenção que estará disponível em dez capitais brasileiras gratuitamente pelo SUS a partir de 1o de dezembro. Esta é mais uma iniciativa do Hornet para a campanha “Quero minha PrEP” que vem sendo desenvolvida durante todo este ano de 2017 com a responsabilidade de levar aos usuários e homens gays em geral informações seguras, consistentes e eficazes sobre saúde e HIV.



10 visualizações

Redes sociais e contato

  • YouTube
  • Fanpage
  • Instagram
  • Twitter
  • WhatsApp

©2012 por Rede Mundial de Pessoas que Vivem e Convivem com HIV