Quem tem medo da educação sexual?

Recentemente, levantamentos afirmaram que o Brasil é um dos países com maior taxa de câncer de pênis do mundo. 70% das crianças abusadas sexualmente foram atacadas dentro de casa pelo padrasto, pai, tio ou avô. Em muitas situações, as mães sabiam e consentiam com os abusos. O país é campeão mundial no número de pessoas LGBTI mortas. E não me refiro a mortes por acidentes ou assaltos, mas sim de crimes de ódio motivados apenas pelo desejo de eliminar a pessoa por não tolerar sua orientação sexual e/ou identidade de gênero. Muitas vezes, esses delitos são praticados com requintes de crueldade. A gravidez na adolescência é a maior da América Latina, afastando muitos jovens das escolas e dificultando a carreira profissional.


A aids ainda mata cerca de 12 mil pessoas por ano, mesmo com os insumos de prevenção, teste/exame e tratamento disponíveis pelo Sistema Único de Saúde. Transtornos mentais como ansiedade, depressão, transtorno bipolar e alimentar, e também o suicídio de adolescentes e jovens gays, lésbicas e transexuais é muito maior que em outros grupos. Três em cada cinco mulheres relatam já terem vivido relacionamentos abusivos envolvendo violência psíquica e/ou física. O feminicídio tem tomado contornos epidêmicos em terras verde-amarelas.


E o que todos esses assuntos têm em comum? Uma deficiente Educação Sexual para crianças e jovens. Mas, afinal de contas, como podemos falar de educação sexual para crianças de três e quatro anos?


Uma dica: nunca deixe seus filhos com pessoas ultra-conservadoras. E saiba que quem mais perde com uma educação sexual nas escolas são os próprios machistas, feminicidas e abusadores.



Dá um moral aê! Curta o vídeo e nos siga nas redes sociais!


TEXTO NA ÍNTEGRA

BARBA FEITA: Educação Sexual Faz Mal Para Quem? Fev/2019. Disponível em http://bit.ly/2wtg6cf


SUPER NAS REDES

FANPAGE: https://fb.com/SuperIndetectavel

SITE: https://SuperIndetectavel.com

INSTAGRAM: https://instagram.com/SuperIndetectavel

TWITTER: https://twitter.com/SupIndetectavel


REFERÊNCIAS

1. MINISTÉRIO DA SAÚDE: Câncer de pênis: causas, sintomas, tratamento, diagnóstico e prevenção. Disponível em http://bit.ly/2HLZUcy

2. BRASIL ESCOLA: Educação Sexual. Disponível em http://bit.ly/2WmzFCw

3. G1: Câncer de pênis é o segundo tipo de mais comum da doença no Maranhão. Mai/2016. Disponível em https://glo.bo/2WzxkU0

4. SCIELO: Caracterização da violência sexual contra crianças e

adolescentes na escola – Brasil, 2010-2014. doi: 10.5123/S1679-49742018000200010. Epidemiol. Serv. Saude, Brasília, 27(2):e2017059, 2018. Disponível em http://bit.ly/2W2pZYx

5. BBC: Abuso sexual de crianças: onde o Brasil e o mundo estão acertando e no que têm de melhorar, segundo relatório. Jan/2019. Disponível em https://bbc.in/2Xh2hcw

6. AGÊNCIA BRASIL: Menores vítimas de violência sexual costumam mostrar sinais. Mai/2019. Disponível em http://bit.ly/2Z0fHKm

7. AGÊNCIA BRASIL: Mais de 70% da violência sexual contra crianças ocorre dentro de casa. Mai/2019. Disponível em http://bit.ly/2MjCDmv

8. G1: Maioria dos casos de violência sexual contra crianças e adolescentes ocorre em casa; notificações aumentaram 83%. Jun/2018. Disponível em https://goo.gl/Z4W94U

9. G1: Brasil tem gravidez na adolescência acima da média latino-americana, diz OMS. Mar/2018. Disponível em https://goo.gl/5ts92S

10. AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION: The Impact of Institutional Discrimination on Psychiatric Disorders in Lesbian, Gay, and Bisexual Populations: A Prospective Study. Mar/2010. Disponível em https://goo.gl/kEp56S

11. G1: Três de cada cinco mulheres já foram vítimas de relacionamentos abusivos. Out/2017. Disponível em https://goo.gl/aQ2Fom

12. METRÓPOLES: “Violência contra mulher é epidêmica no Brasil”, afirma Human Rights. Mar/2019. Disponível em https://goo.gl/oBsffh


MATÉRIAS SOBRE ABUSADORES

1. CONSULTOR JURÍDICO: Justiça condena brasileiro acusado pelo FBI de pedofilia pela internet. Mai/2019. Disponível em http://bit.ly/2W1iqBz.

2. G1: Militar reformado e funcionário da Secretaria de Direitos Humanos são presos em ação contra pedofilia no RJ. Mai/2019. Disponível em https://glo.bo/2HM1ScW


PERFIS DOS ABUSADORES

Postagens conservadoras nos perfis das redes sociais dos abusadores em http://bit.ly/2KpHRe3

18 visualizações

Redes sociais e contato

  • YouTube
  • Fanpage
  • Instagram
  • Twitter
  • WhatsApp

©2012 por Rede Mundial de Pessoas que Vivem e Convivem com HIV